Carlos Brito Dias (Braga, 1991) frequenta o Doutoramento em Artes no Conservatório Real de Antuérpia (KCA) e Universidade de Antuérpia (sob orientação de P. Gielen e W. Henderickx) desenvolvendo o tema “Integrating Portuguese traditional sounds in new compositions”. Ao mesmo tempo, estuda Direcção Orquestral (I. Venkov) no KCA. Depois de ter finalizado a Licenciatura (ESMAE, Porto, 2012), o Mestrado e Pós-Graduação (KCA, 2014 e 2015) em Composição, desenvolveu a investigação “The Influence of Traditional Culture in New Art Music Creation” (2016). Frequentou seminários de Composição (Saariaho, Mitterer, Fedele), Pedagogia Musical (Wuytack, van Hauwe), Direcção (Béreau, Reeves). Trabalhou ainda com vários maestros (Spouras, Deseure, Rundel) e com diferentes grupos (deFilharmonie, deCompagnie, ensemble recherche, Remix Ensemble, Symphony Orchestra of Ruse, entre outros) na Alemanha, Bélgica, Bulgária e Portugal.

Carlos Brito Dias_preview

 

 

Anúncios